Desafio 100 km de Itabira 2018 – Percurso e orientações

postado em: Comunicados | 0

 

Clique aqui para fazer a sua inscrição

 

Informações gerais

O Desafio 100 km 2018 de Itabira não faz parte da Série Super Randonneur. No entanto, ele serve como oportunidade para que os ciclistas possam conhecer a modalidade de randonneuring.

O Desafio na modalidade de randonneuring não é corrida. Não há classificação entre os ciclistas.

O ciclista pode participar com qualquer veículo de propulsão humana. Qualquer tipo de bicicleta é permitido, à exceção das motorizadas.

O percurso é em estradas asfaltadas, podendo haver pequenos trechos de calçamento que não impedem a participação com bicicletas de estrada.

A entrega de kitsreunião técnica será às 20h30 do dia 09/03/2018 no Hotel Bristol. Esta é a oportunidade para conhecer detalhes do percurso e tirar suas dúvidas sobre a modalidade e a prova.

vistoria dos equipamentos obrigatórios ocorrerá das 6h às 6h50 do dia 10/03/2018. Chegue cedo! Caso o ciclista não seja vistoriado até 6h50, poderá fazer a vistoria após às 7h, mas sem adição no tempo de prova. Participantes não vistoriados serão desclassificados no PC1. O horário limite para a largada de um ciclista (sem acréscimo ao seu tempo total de prova) é até 1 (uma) hora após o horário oficial da largada.

A largada ocorrerá às 07h do dia 10/03/2018 na Hotel Bristol e o ciclista terá até às 13h45 para percorrer toda a rota e chegar ao mesmo local, totalizando um tempo máximo de 6h45 para percorrer os 100 km.

 

Equipamentos obrigatórios

Todo ciclista participante do Desafio 100 km deverá portar os seguintes equipamentos obrigatórios:

  • Capacete.
  • Colete refletivo.
  • Câmera digital ou celular com câmera (para registrar a passagem pelos Pontos de Controle Fotográficos – PCFs)

Caso os equipamentos obrigatórios não sejam apresentados na vistoria, o participante não receberá o carimbo no passaporte, e não terá direito a medalha e certificado de conclusão.

Caso o participante seja flagrado sem os equipamentos durante o percurso, também não receberá medalha / certificado de conclusão.

Veja também as dicas do Sociedade Audax, principalmente sobre coletes refletivos.

 

O Percurso

A largada do Desafio 100 km ocorrerá no Hotel Bristol, às 07h do dia 10/03/2018. A partir daí, o randoneiro terá um tempo máximo de 6h45 para cumprir todo o percurso. O ciclista deverá seguir a rota da prova e a planilha de orientação para passar pelos Pontos de Controle (PCs) e Pontos de Controle Fotográficos (PCFs). O trajeto é possui muitas subidas e paisagens deslumbrantes (como já estamos acostumados em Itabira).

Uma prévia do percurso está disponível abaixo (clique para ver no site Ride With GPS):

Você pode baixar o arquivo GPX do percurso NESTE LINK (disponível em breve).

Você pode baixar a planilha de orientação NESTE LINK (disponível em breve).

 

Pontos de Controle

PCs (Ponto de Controle)

  • Os PCs são os locais onde o participante terá seu passaporte carimbado, demonstrando que está percorrendo o trajeto definido dentro dos limites de tempo estabelecidos. Portanto, os PCs possuem horário de abertura e fechamento que deverão ser respeitados.
  • Os PCs poderão oferecer água e frutas para auxiliar os participantes. Isso será informado na reunião técnica.
  • Ao longo do caminho há vários estabelecimentos como restaurantes e postos com lojas de conveniência, para que o participante possa adquirir itens adicionais.
  • Caso o participante chegue a um PC antes do horário de abertura, terá que esperar o horário para obter o visto no passaporte.
  • Pode haver fila no PC para obter o visto no passaporte. Aguarde pacientemente a sua vez.

 

Autossuficência

A modalidade de randonneuring prima pela autossuficiência. Dessa forma, não há fechamento de vias ao longo do percurso, nem batedores, nem sinalização de rota. O ciclista é inteiramente responsável por sua participação no BRM, por sua alimentação, hidratação e suplementação, por consertos em seu equipamento e por seu próprio resgate em caso de desistência.

Os ciclistas participantes podem se auxiliar durante o BRM. Bem como a organização poderá oferecer, caso considere necessário e possível, auxílio aos ciclistas. Qualquer apoio recebido por pessoa que não esteja participando do BRM será considerado apoio externo e sujeita o participante à desclassificação.

Carros de apoio são permitidos, desde que previamente cadastrados junto à organização em formulário próprio. Esse apoio, no entanto, somente pode ser feito nos PCs definidos pela organização. Em nenhuma hipótese carros de apoio podem acompanhar o ciclista durante o percurso. O ciclista também não pode receber apoio externo fora dos PCs definidos pela organização.

Não deixe de ler os regulamentos para saber como funciona a modalidade de randonneuring.

 

Clique aqui para fazer a sua inscrição

 

Em caso de dúvidas, escreva-nos.

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta