Resultados – Itaúna 2017 – BRM600 / BRM200 / Desafio 90

Que final de semana incrível! Nossa última prova da temporada foi épica mais uma vez!

Na terça feira, o Nino Coutinho, um dos organizadores, iniciou sua jornada de 600km que culminaria com a conclusão dentro do tempo, na noite de quarta feira. Na quinta feira, os preparativos para a largada dos demais inscritos no BRM 600. Muita conversa boa em Itaúna e entrega dos kits na noite, junto com as vistorias de bicicletas e ciclistas. Alguns problemas pessoais impediram que os seis ausentes viessem, e sentimos muito a sua falta. Esperamos vê-los em breve!

Na sexta feira, 08/09, às 06:14 da manhã 11 dos 17 inscritos largaram para a prova que faltava para o Clube Inconfidentes Pedalantes organizar, e vários deles buscando sua primeira Série SUPER RANDONNEUR completa. A prova teve as nuances que fazem do randonneuring uma modalidade ímpar. Com poucos km, o Hélio teve uma corrente irremediavelmente quebrada e teve que desistir. Os dez restantes seguiram e foram se superando, até a conclusão, ou a sábia decisão individual de deixar a jornada, para que numa próxima oportunidade a conquista seja ainda mais comemorada. Thiago Reis não dormiu, e seguiu sozinho até completar o brevet, na tarde de sábado. Os outros participantes fizeram estratégias diversas, mas com uma coisa em comum: pedalar boa parte ou a totalidade do percurso acompanhados, em duplas e trios. Algumas duplas se desfizeram. Cro e Crepaldi, depois de uma boa soneca em Arcos, no Hotel preparado pela organização, seguiram destinos diferentes. Crepaldi com muitas dores teve que parar no posto Jalé, sendo resgatado. Já havia deixado de fazer a perna para Luz. Cro pedalou um pouco com Ricardo Cordeiro e Carlos Alberto, mas eles desgarraram. Ricardo e Carlos Alberto concluiram no inicio da noite, e um pouco depois, Flávio Crô chegou e concluiu sua primeira Série Super Randonneur. Restavam ainda na estrada Jere e Ricardo Sapão. Eles pedalaram alguns trechos junto com a turma do BRM200 e pouco depois das 21h, com 39h de prova, chegaram para concluir o BRM600. Ficamos muito sentidos com as quebras de Reinaldo Brandão e Renato Barroso, próximos ao km 270 e 300. Os dois foram muito guerreiros, mas souberam a hora de parar. Outras oportunidades virão e celebraremos juntos!

As jornadas dos participantes do BRM200 foram também muito interessantes. A largada às 8h permitiu um pouco mais de sono, e a largada de ventania na praça da matriz em Itaúna não manteve o “friozinho”. O sol rachou e castigou a turma durante todo o sábado, como já havia feito com a galera do BRM600 na sexta. Todos seguiram muito bem até o PC1 em Divinópolis, e com menos de 2:30h todos já haviam cumprido os primeiros 45km. Depois disso a turma se separou bastante e todos seguiram sob o céu azul de sol inclemente até os morros de Perdigão e Nova Serrana. Aos poucos iam chegando ao km115, no posto Jalé, onde a organização forneceu o almoço. Dali, víamos os guerreiros remanescentes do BRM600 vindo pela BR262 e aos poucos a turma partia para cumprir os mesmos últimos 82km. Eis que o Alexandre Santos “resolveu” ir verificar se não tinha ficado ninguém pra trás do BRM600. Ele se confundiu e pegou a BR262 sentido triângulo, oposto ao rumo do brevet! Pedalou quase 50km errado, quase chegou em LUZ! Estávamos preocupados pois seu celular estava fora de área. Lá pelas tantas ele avisou que tinha “descoberto” o erro e seguiria de volta, na manha. Pedalou quase 300km em 16h! Teria brevetado o BRM300 hehehe

Os ciclistas iam chegando e concluindo o BRM200. Alguns pela primeira vez, como o Dalton de Ipatinga e o Helly de Itabira. Outros foram formando seus “times” e venciam contratempos. A turma do Gil tomou um susto faltando 5km para chegar, quando o Uduo Renato tomou um capote cinematográfico e sua roda dianteira perdeu metade dos raios. A organização conseguiu uma roda emprestada e ele pode concluir, junto com seu grupo. Outro grupo, o “Team Garfield”, que já tinha tentado o BRM200 em Divinópolis estava obstinado. Fizeram boa parte do percurso alguns dias antes. E no brevet, pneus furados mais uma vez quase os deixam foram do tempo. Chegaram com valorosos 13h29 de prova! Parabéns pela garra, alegria e pelo brevet!

O trio de ciclistas do Desafio 90 também foi muito companheiro durante todo o percurso. Terminaram com boa folga de tempo e estão animados para tentar seu primeiro BRM200 na próxima temporada.

Parabéns a todos!

Agora é preparar nova temporada. Esperamos todos vocês que confiaram no Clube em mais uma temporada.

O Uduo Renato preparou dois vídeos com as fotos feitas durante o BRM200 e gentilmente permitiu que compartilhassemos. Valeu!

 

 

 

 

Abaixo os resultados que serão encaminhados para homologação.

Legendas:

DNS – Não Largou
DNF – Não completou
OT – Completou fora do tempo

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta